Fátima Sonoda - Pantanal perde uma grande defensora

Nesta sexta-feira, dia 23, o Pantanal Poética perdeu uma navegante: a bióloga e ambientalista Fátima Sonoda. Ela faleceu vítima de câncer.

Quando foi convidada para navegar pelas águas do rio Paraguai, pelo Pantanal Poética, em 2015, lhe foi solicitado que enviasse um currículo. Ela poderia nos ter enviado páginas de tudo que já fez profissionalmente. Ela era bióloga, superintendente de Biodiversidade da Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso - secretaria esta onde ocupou vários cargos e se tornou referencia em meio ambiente, atualmente ela ocupava o cargo de presidência do Conselho Executivo da Reserva da Biosfera do Pantanal, mas ela preferiu ser humilde e bem humorada. Se descreveu assim:

"Moro e vivo Cuiabá há 44 anos. Já "sou pau fincado", com muito orgulho, e minhas raízes se espalham. Tenho um grande companheiro, dois filhos (pra mim, sempre crianças), uma casa, cinco gatos e uma bocaiuveira. Sou bióloga, de nascença!!"

Por todos do Pantanal Poética ela será lembrada assim, uma pessoa carinhosa, alegre, apaixonada pela família e pelo Pantanal.

Com grande pesar, a navegante Maria Fernanda lembra o quão querida Fátima era, e a linda mensagem que sem querer ela deixou ao ser filmada para o relatório do programa Aliança Ecossistema no Pantanal: Convite para uma investigação Apreciativa (iapantanal.blogspot.com) em setembro de 2015 - Confira o vídeo ao final da matéria.

A mensagem enviada pela integrante, Vanda do Pantanal, expressa o sentimento de todos que embarcaram na aventura pela preservação do Pantanal:

"Navegando...Seguindo a corrente. ....É isso ai Fátima. Que bom que nossos caminhos se cruzaram...O Rio Paraguai é testemunha. Continue navegando em outras águas...SIGA a correnteza de suas águas. VÁ EM PAZ COMPANHEIRA".

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Siga
  • Facebook Basic Square

© 2016 Pantanal Poética.

Conheça aqui todas as instituições que apoiam a iniciativa Pantanal Poética.

  • w-facebook
  • w-youtube